terça-feira, 9 de novembro de 2010

PIN UPS MODERNAS - TÁ NA MODA!






Para quem não sabe o que é uma pin up, são aqueles retratos de belas garotas, que na época de 40 e 50 mexiam com a cabeça de muitos homens e faziam também a alegria dos soldados durante a segunda guerra mundial, eles as chamavam de “armas secretas” e suspiravam ao ver aquelas garotas de seios fartos, coxas grossas e cinturinha de dar inveja. Com seu ingênuo erotismo as Pin Ups encantavam, sempre cheias de charme e inocente sedução faziam os homens sonharem. O nome Pin Up vem do hábito que os marinheiros tinham de prender as fotos dessas moças, com tachinhas (pin) em seus armários.



Das ilustrações à realidade, as Pin Ups foram encarnadas por atrizes como Maryllin Monroe, Betty Page e Betty Grable, ou simplesmente fotografadas por modelos vestidas de Enfermeiras, Marinheiras, dançarinas ou até mesmo uma doce Dona de Casa.






Na década de 70 as Pin Ups perderam o brilho devido ao avanço do sexo explícito, pornografia escancarada e vulgar. Mas hoje, Pin Up é um estilo, e está de volta com força total na moda da cintura alta e marcada, lenços, laços, sapatos boneca, saias rodadas e corseletes, que algumas meninas vem adotando no jeito de vestir e no estilo que traz de volta o romantismo e a sensualidade das Pin Ups.





A dançarina burlesca (um estilo antigo de striptease onde a mulher não tira toda roupa) e ex-mulher do cantor Marilyn Manson, a Dita Von Teese, é referência do estilo pin up dos dias de hoje. Com corselete e roupas no estilo vintage bem acinturadas, batom vermelho vivo, make impecável e cabelos bem modelados (com ou sem topete), Dita se veste como uma verdadeira pin up…








As Pin Ups modernas são garotas normais que assumem o próprio corpo e mostram-se sensuais sem apelar para conceitos pré-estabelecidos de beleza - não à toa, algumas exibem tatuagens pelo corpo, piercings, maquiagem bem carregada e, por que não, uns quilinhos a mais.  Afinal aí está a marca registrada delas, as curvas. A Pin Up moderna é ousada, sabe o que quer, é feminina, romântica, batalha por seus objetivos faz carinha de boba e permite até que o parceiro pague a conta sozinho.


 

Montei um look no By Mk (http://www.bymk.com.br/) para exemplificar uma das formas de se vestir da Pin Up moderna.

Ser Pin Up é muito bom!




 

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

VERÃO 2011 DA 'BOBSTORE' - EU QUERO!


















Para criar a coleção verão 2011, a BOBSTORE se inspirou no estilo descolado das viajantes globais que estão nos lugares do momento trazendo influências étnicas, culturais e artísticas – verdadeiras “globetrotters”, por definição.


Penas, miçangas, pedrarias, franjas e a sobreposição de peças aparecem com pitadas do folk, hippie e grunge. Tudo com cara de boutique e glamour total.



Os acessórios são indispensáveis e as ankle boots dão o tom fashion.





Leveza é uma das palavras de ordem e aparece no estilo “Hippie Chic” com estampas florais transparentes que criam uma segunda pele trazendo muito frescor. Os maxishapes estão acentuados.


As peças se debruçam no clima relax chic dos resorts do planeta. O resultado? Vestidos e saias longas, túnicas e batas bordadas, jeans desgastados, muito tie dye e cores cítricas.



Os acessórios em prata se misturam com a turquesa e o coral, as rasteirinhas estão em alta e celebram o estilo descompromissado e autêntico que se opõe à uniformização das ruas. A BOBSTORE está de olho nos ícones fashion Sienna Miller, Kate Moss, Nicole Richie e Mischa Barton.








Deu branco! O “Branco Puro Urbano” aparece nas peças must have da linha alfaiataria. Os looks surgem como mote chic e moderno se distanciando das peças de reveillon.



O verão 2011 BOBSTORE está encantadoramente cool. Aproveite! Visite o site e saiba mais sobre a nova coleção, lojas mais próximas e a história de "Bobstore", que completa 14 anos em 2010.




quinta-feira, 4 de novembro de 2010

TOP 50 - Os 50 vestidos e sapatos que mudaram o mundo.

                                        
       O que faz com que 1 roupa, 1 sapato, 1 carro ou 1 móvel se torne ícone de uma época, sintetizando tendências de moda ou de comportamento?
      O comportamento e a cultura de uma época ficam impressos nos produtos culturais produzidos e alguns são colocados no posto das inovações que marcaram a história. Com essa filosofia o Design Museum, de Londres, lançou livros que elegem vestidos, sapatos, carros e cadeiras que mudaram o mundo. A série chega às livrarias nacionais através da Editora Autêntica, visando responder à pergunta feita no início do post.
     Destacarei aqui, as edições dos 50 vestidos, que aponta o fenômeno industrial e cultural do mundo fashion e dos 50 sapatos, que traça, além do retrato de moda, uma imagem social no desenvolvimento dos calçados.


        A indústria da moda é extremamente forte e poderosa. O que vemos nas passarelas nos dá apenas uma idéia do que ela realmente é. Moda pode ser entendida tanto quanto um fenômeno industrial quanto cultural. Os 50 vestidos que mudaram o mundo relembra aqueles que marcaram o mundo do design de moda. O livro conta a história desses vestidos e os seus reflexos econômicos, sociais e sexuais até os dias de hoje; publicação indispensável para quem trabalha com moda ou simplesmente é apaixonado pelo mundo fashion.






    Em relação ao sapato, é impressionante observar a sua evolução nas últimas décadas. O tênis, por exemplo, transformou o que entendíamos como sapato de uso diário, criando uma visível barreira entre gerações. Intimamente ligado à indústria da moda, o sapato também continua a abarcar tanto a produção industrial de massa quanto a manufatura artesanal individual, exercendo claramente um fascínio no imaginário popular, principalmente no feminino.
    Os 50 sapatos que mudaram o mundo explora todo o escopo do design de sapatos, mostrando os 50 calçados que impactaram o mundo do design de moda. Esse livro mostra como o calçado fascina a imaginação popular desde as "Frye Boot", de 1863, passando pelos saltos plataforma de Carmem Miranda, até chegar à "Melissa Shoe", de 2008, não deixando de abordar os mais recentes sucessos da milionária indústria do calçado internacional. Tudo isso para traçar um retrato histórico e social incomparável da moda de sapatos.

    O bacana é ter um panorama histórico dessas peças que mudaram o mundo e nosso clostet também, além de entender um pouquinho mais porque Yves Saint Laurent é o que é hoje, ou como o salto alto dominou os looks ao longo das décadas!

Serviço:
Fontes: http://www.lolabrasil.com/; http://www.trendencias.com.br/;
Onde Comprar: http://www.autenticaeditora.com.br/autentica/area-24
Valor: R$ 34,00 cada exemplar


   
   

terça-feira, 19 de outubro de 2010

"MARIE CLAIRE ACESSÓRIOS" CHEGA ÀS BANCAS DO BRASIL



Sucesso na Europa, a revista “Marie Claire Acessórios” chegou às bancas brasileiras na última sexta-feira (15/10). O título é 100% dedicado aos acessórios e será publicado duas vezes por ano para mostrar tendências das passarelas e novidades do mercado. Nesta primeira edição, sapatos, bolsas e bijuterias do verão 2011 recheiam 117 páginas de matérias.



O lançamento no Brasil é voltado para mulheres cujos acessórios passaram de coadjuvantes a peças centrais do seu estilo, capazes de movimentar uma indústria bilionária. “Só para se ter uma ideia, deve-se produzir neste ano 800 milhões de sapatos no Brasil”, diz a editora de moda de Marie Claire, Sandra Bittencourt. Ao lado da editora Camila Lima, ela comanda a produção de um time que tem os fotógrafos Fernando Louza e Tiago Molinos (criador da capa número 1) e as stylists Tami Gotoda e Letícia Toniazzo, já conhecidas das leitoras.


A revista mostra um arsenal de 419 ideias acompanhadas de dicas práticas para o dia a dia. Na seção “Must Have”, são listados os poucos produtos indispensáveis de cada estação. Novas lojas e endereços quentes dividem espaço de “News 100% Acessórios”, enquanto os designers do momento ganham destaque em “Perfil”.


Na “Agenda de Verão”, peças para desfilar na praia durante o dia e à noite foram selecionadas com inspirações de “A” a “Z”. A primeira edição de “Marie Claire Acessórios” traz também um mergulho na mítica em torno dos sapatos de Christian Louboutin e cinco ensaios com as tendências mais fortes dos meses de calor.

domingo, 17 de outubro de 2010

OUTUBRO ROSA - CUIDE-SE, PREVINA-SE, VIVA!




O Outubro Rosa é uma campanha contra o câncer de mama que encontrou apoio nas mídias sociais através de blogagem coletiva e muita disseminação de informação. Desde 2008, o movimento vem crescendo e contando com o apoio tanto da blogosfera feminina, quanto da masculina.



O que o movimento propõe é que um dia por ano, apenas um diazinho para você pensar no seu bem-estar, na sua saúde, em melhorar a sua qualidade de vida. A partir de hoje, todas as mulheres estão convidadas a escolher um dia por ano para olhar para si mesmas


Muitas são as coisas que deixamos de lado em função da correria das nossas vidas. O trabalho, o marido, os filhos, a família e tantas outras coisas vêm como prioridade e, quando percebemos, o dia passou, a semana passou, o mês ou até o ano, e nada fizemos por nós. Esse já é um hábito arraigado na vida de grande parte das mulheres, mas é hora de acordar e mudar isso de uma vez por todas.


Imagine que um dia você acorda e tira o dia todo para se cuidar. Toma aquele banho agradável, longo (mas não muito), senta calmamente para saborear um delicioso café da manhã, sem pressa, tendo como único compromisso, cuidar de você. Esse será o seu Dia Rosa, o momento ideal para lembrar-se da sua saúde, visitar seu médico e fazer aqueles exames de rotina, incluindo, claro, a mamografia para se prevenir do câncer de mama.


Fundamental e insubstituível, só a mamografia é capaz de detectar tumores ainda em fase inicial, isto é, quando eles são menores de 1 centímetro, pequenos demais para serem percebidos na palpação. "Quanto mais precoce é o diagnóstico, maiores são as possibilidades de cura", explica a mastologista Fabiana Makdissi, do Hospital A.C.Camargo de São Paulo. "O câncer de mama é um tumor extremamente prevalente entre as mulheres", esclarece. "Como é frequente, tem indicação de exames de rastreamento, ou seja, antes dos sintomas, pesquisar se a mulher tem algum indício da doença e, neste painel, o melhor exame que a mulher pode fazer é a mamografia", conclui a mastologista.


Portanto, não deixe para depois. Eleja o seu Dia Rosa e cuide-se. Sua saúde agradece!


No link abaixo você encontrará o manifesto Rosa:


ccchttp://www.mulherconsciente.com.br/Dia-Rosa/manifesto.aspx



quarta-feira, 13 de outubro de 2010

CORAL - LOOKS BY MK

Fiz um look no ByMk  http://www.bymk.com.br com alguns itens em coral,   que já estão sendo vendidos nas lojas:


Trouxe ainda, um look feito também no ByMk, pela queridíssima Telma Guedes http://www.bymk.com.br/usuarios/2865  , pois achei que ilustra maravilhosamente bem, uma forma de usar o coral apenas em alguns acessórios: